Poster - Minha amada imortal - Divulgação


A história do famoso compositor clássico Ludwig van Beethoven e seu doloroso sofrimento com a perda da audição. Após a morte do músico, em 1827, seu assistente sai em busca de uma mulher citada como amada imortal nas cartas de amor de Beethoven.

Licença poética à parte esse filme juntou uma boa história, trouxe um pouco de realidade e exibe um Beethoven triste e amargurado, também pudera, produzindo obras tão magnificas e não tendo sequer como ouvir.

Tem uma dissertação bacana sobre o assunto, a verdade e o mito no site Conservatório digital.

Título original: Immortal Beloved
País:
EUA
Ano:
1994
Diretor:
Bernard Rose
Elenco:
Gary Oldman, Jeroen Krabbé, Isabella Rossellini, Johanna ter Steege, Christopher Fulford, Marco Hofschneider, Miriam Margolyes, Barry Humphries, Valeria Golino, Leo Faulknercomo

O filme é todo bom mas a cena com a execução da nona sinfonia vale muito a pena ser vista e ouvida, abaixo:

Trailer:

Luiz DornelasEu vieu vi,Immortal Beloved,minha amada imortal,musica classicaA história do famoso compositor clássico Ludwig van Beethoven e seu doloroso sofrimento com a perda da audição. Após a morte do músico, em 1827, seu assistente sai em busca de uma mulher citada como amada imortal nas cartas de amor de Beethoven. Licença poética à parte esse filme juntou...Acontece na região leste de BH e Sabará