Garimpar - DivulgacaoUm projeto de pesquisa e criação etnoficcional em torno dos vissungos, cantos afro-brasileiros, de origem bantu, em processo de desaparecimento.

Nas suas últimas horas um homem pode ser tudo o que não sabe. Se ele é negro pode experimentar ser branco; se não é negro nem branco pode experimentar ser uma “côsa do mundo”. Se é moço pode experimentar ser velho; se ele não é moço nem velho pode experimentar ser uma raiz. Sendo homem pode experimentar ser mulher; não sendo homem nem mulher pode experimentar ser criança. Quando um canto antigo se tornar o seu único meio de lembrar sua história será necessário então que ele busque estar acordado também dentro dos seus sonhos. Que não durma antes do sol raiar, senão todos os diamantes que inocentemente escondeu do tempo, em algum lugar secreto, virarão carvão e queimarão sem calor, ou se tornarão o grafite para o seu Livro da Vida, mas daquele que não escreveu com o próprio punho.

Quando: 25/08/2016
Horário: 19:30
Ingresso: Gratuito (retirada de ingressos 1 horas antes)
Classificação: 14 anos

Onde: Galpão Cine Horto
Rua Pitangui, 3613, Bairro Horto – Belo Horizonte – MG – Brasil

Este artigo expira as 18:30 do dia 25 de August de 2016

Luiz DornelasExpiradoUncategorizedUm projeto de pesquisa e criação etnoficcional em torno dos vissungos, cantos afro-brasileiros, de origem bantu, em processo de desaparecimento. Nas suas últimas horas um homem pode ser tudo o que não sabe. Se ele é negro pode experimentar ser branco; se não é negro nem branco pode experimentar ser...Acontece na região leste de BH e Sabará